Volume com definição: NOVA FINALIZAÇÃO

Como fazer faculdade à Distância UNINASSAU

Creme para Pentear Eu Amo Meus Cachos -Keraform da SKAFE é bom?

Olha quem voltou com vídeo sobre livros? Pois é… Cá estamos nós! Dessa vez foi um 3 em 1: Peguei 3 livros da Gayle Forman que estão bombando no momento: Se eu Ficar, Pra Onde Ela foi e Apenas um dia:

DÁ PLAY E VEM COMIGO!

♥ Não esquece de clicar em gostei e compartilhar o vídeo, hein? ♥

Resenha do livro Se Eu Ficar
Sobre o filme Seu Eu Ficar

 QUAL DESTES VOCÊ JÁ LEU?

Mas eai: Querem mais vídeos sobre livros?

» ONDE ME ENCONTRAR «
Facebook | Youtube | Instagram | Twitter

Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
me diga o que achou!
Compartilhe
2
Instagram @faladantas

Dicas de Filme: Se eu ficar

10 de Dezembro de 2014 ---------- 2 comentários
Fonte: Cartaz de divulgação do filme

Olá galera! Aqui é a Katlyn, do Hi, Cultura! e vim trazer mais uma resenha para vocês. Vocês já me viram por aqui, mas com a correria que estava o meu final de bimestre, acabei me atrasando com tudo. De qualquer forma, estou de volta! Desta vez, trouxe a resenha do filme que assisti nesse final de semana “Se eu ficar”. Já vou adiantando que AMEI o filme, apesar de ter odiado algumas coisas nele. Antes de tudo, a Jeu já fez uma resenha DO LIVRO aqui, e para quem quiser ler: Livro: Se eu ficar
Vamos começar com algumas informações. Eu li em alguns sites que tem alguma semelhança com A culpa é das estrelas, mas não achei. É diferente você lidar com uma morte “já esperada” e algo inesperado. Se bem que, a morte dos pais dela já era esperada por qualquer pessoa que leu o trailer. De qualquer forma, para Mia, não era. Foi um acidente, que em questão de segundos levou uma das pessoas mais importantes de sua vida, sua mãe, e deixou seu pai morrer na cirurgia. 
Uma coisa que me incomodou bastante, quer dizer, não é que me incomodou, mas foi bem difícil para acompanhar, foram os “flashbacks” de Mia bem constantes. Se você não grudar o olho na tela e prestar cada segundo de atenção, perde o “fio da meada” todo. Isso na mesma hora que é confuso, é legal, porque mostra Mia relembrando os fatos para criar forças para, literalmente, FICAR. Permanecer apesar de tudo. Ficar viva.
“Não é incrível como a vida é de um jeito e, de repente, se transforma em outra coisa?” – Mia
Você passa o filme todo chorando (mesmo se não for uma manteiga como eu, juro) e tentando encaixar aquilo na sua vida. Pelo menos na minha, encaixou direitinho. Eu não posso dar spoilers, então fica difícil fazer uma pequena resenha sem isso. Mas posso dizer que tudo o que passou com Mia no relacionamento com o Adam, foi basicamente o que sofri no meu noivado. Isso se torna um dos principais motivos (o maior deles) de eu ter gostado tanto da história, do roteiro, enfim. Tudo. Se identificar com roteiro para mim, é parte fundamental. E aqui está mais um filme que eu quero para minha coleçãozinha, e com certeza vai influenciar na criação do meu próprio livro. 
O filme acaba, obviamente, na parte mais importante (que eu novamente sou impedida de falar). Então vou fazer uma resenha lá no meu blog, para quem quiser mais da minha opinião (com os spoilers). O ruim disso tudo é que vou ter que esperar a continuação, e como eu sou mega ansiosa, vou comprar o livro já para ir matando a curiosidade, embora muita gente tenha reclamado do segundo livro.
Espero que tenham gostado. Comentem aqui se já leram o livro ou assistiram ao filme, e me contem o que acharam!
Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
me diga o que achou!
Compartilhe
2

Livro Se eu ficar de Gayle Forman

13 de Outubro de 2014 ---------- 4 comentários
Para os amantes de livros e resenhas, digam que eu voltei! Depois de “Desde o primeiro instante” (que por sinal, acabo de lembrar que não postei resenha) eu não li mais nada. Na verdade, comecei 3 livros e parei na metade. 

Até que recebi este livro da Novo Conceito com uma proposta de divulgação bem legal e depois comecei a ver muita gente falando do filme que ainda seria lançado. Daí pensei: O livro geralmente é melhor que o filme né? Então vou ler!

“Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera… e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.”

Autora:  Gayle Forman | Páginas: 244 | Folhas: Amareladas

Vocês podem não acreditar, mas eu li este livro em aproximadamente 4 horas. Li na ida e na volta da faculdade. São poucos os livros que me prendem nas primeiras páginas e foi o que este livro conseguiu! A leitura é muito fácil e rápida. Como não há divisões por capítulos – e sim por horários – você vai lendo que nem se dá conta.

Basicamente a história fala sobre Mia, uma adolescente que vive com seus pais e irmão mais novo, que num passeio de carro sofrem um acidente e sua vida muda. O restante do livro se passa no hospital pra onde ela é levada e em idas e vindas ao passado (que eu particularmente não gosto, pois fico ansiosa pra ir logo pra parte do “presente” no livro). 

O desenrolar da história te faz pensar muito na sua vida e o que te motiva a viver e ficar aqui. Achei a história encantadora, mas confesso que por tanta propaganda e pelo que falam nas redes sociais, eu esperava mais. Não derramei uma lágrima! 
Uma coisa que também me incomodou é que o livro terá continuação. Que pra mim – senhorita ansiedade/ curiosidade – é uma tortura. Mas pra quem curte  aquele ” gostinho de quero mais” é uma boa pedida. 

Uma outra coisa que achei bem diferente neste livro é que no final, há uma entrevista com a atriz que fez a protagonista no filme – caso não saiba, este livre já virou filme e já esta nos cinemas- e há também o primeiro capítulo da continuação do livro. Coisa que nunca vi em outros livros. Ah, e a segunda parte é contada pelo ponto de vista do Adam ( o namorado de Mia ).


Se você se interessou pelo livro você pode ler aqui o primeiro capítulo do livro e ver se “bate aquela química” rs. 

O QUE EU ACHEI? 
É um livro que indico sim a leitura mas não se deixe levar por expectativas alheias. Muita gente chorou com ele, mas eu não. Mas não deixou de ser um livro livro!
– Eai meus amores, qual livro vocês estão lendo agora?
– Já leram Se eu ficar ? O que acharam?

ONDE ME ENCONTRAR
 
Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
me diga o que achou!
Compartilhe
4

Você sabe qual o seu tipo de cacho? Tem dificuldade em usar os produtos mais adequados e cuidar dos fios corretamente?

Ei mulher! Esse post é especialmente para VOCÊ!

Encontramos cabelos lisos, ondulados, cacheados ou crespos, e para cada tipo de cabelo existem variações quanto à espessura, volume e brilho dos fios. Neste post teremos uma explicação de cada tipo de cabelo e com a participação das leitoras mais lindas  desse BRASIL! #SEGUIDANTAS

Características do Cabelo tipo 1 (LISOS)

Esse tipo de cabelo costuma ser bem sedoso, afinal a oleosidade natural dos fios consegue atingir as pontas dos fios.

Como cuidar: Para evitar o ressecamento do uso continuo de chapinha e baby liss, os cabelos lisos precisam de hidratação a cada duas semanas e a cada lavagem deve-se usar cremes protetores térmicos antes de usar o secador ou a chapinha.

Subtipos de cabelos lisos:

  • Liso fino 1A: Sem volume e escorridos, que não modelam e não seguram nada. Além disso, este tipo de cabelo possui mais oleosidade diante dos outros.
  • Liso médio 1B: Pouco de volume, mas já é possível modelar as pontas e de colocar grampos e alguns assessórios.
  • Liso grosso 1C: São mais grossos e com volume, podem armar com facilidade e são até difíceis de modelar. Olha que curioso?!

Características do Cabelo tipo 2 (ONDULADO)

O cabelo ondulado forma ondas em forma de S, podendo ficar liso quando escovado ou cacheado quando é amassado com bastante empenho (kkkk), formando cachos soltos e com muito movimento.

Como cuidar: Para definir as ondas, deve-se usar cremes para pentear ou ativadores de cachos, e preferir cortes em camadas, pois dão mais movimento às ondas.

Subtipos de cabelos ondulados:

2a: Dani Brasileiro; 2b: Paloma Cosenza; 2c: Tamires Silva.

  • Ondulado fino 2A: Esses fios de cabelo são suaves, fáceis de modelar e geralmente não tem muito volume.
  • Ondulado médio 2B: Tendem a ter frizz e não são muito fáceis de modelar.
  • Ondulado grosso 2C: Os fios são ondulados e volumosos, começando a formar cachos soltos.

Características do Cabelo tipo 3 (CACHEADO)

O cabelo cacheado forma cachos bem definidos que parecem molas, mas tende a ser seco.

Como cuidar: O ideal é que os cabelos cacheados sejam lavados apenas duas vezes por semana com shampoos anti-frizz ou sem sal. Dando importância a cada lavagem, que os fios devem ser hidratados com creme de tratamento, máscara de hidratação ou se jogar no CRONOGRAMA CAPILAR. Depois de lavar e tratar o cabelo, deve-se finaliza-lo conforme você sabe e se sente bem naquele dia.

Subtipos de cabelos cacheados:

3a: Géssica Moreira; 3b: Tamires Silva; 3c: Iandra Kaline.

  • Cachos soltos 3A: Cachos largos e regulares, bem formados e redondos, geralmente finos.
  • Cachos fechados 3B: Estreitos e bem formados, mas, mais fechados que os cachos soltos e mais grossos, tendendo a ficar armado.
  • Cachos muito fechados 3C: São bem fechados e estreitos, ficando grudados uns nos outros.

Características do cabelo tipo 4 (CRESPO ou AFRO)

O cabelo crespo ou afro é  frágil e seco, pois a oleosidade não consegue percorrer os fios do cabelo, assim como nos cabelos cacheados, e por isso a nutrição deve ser feita com maior frequência.

Como cuidar: Deve-se usar o finalizadores e óleos naturais e deixar os cachos secarem naturalmente, apenas retirando o excesso de água ao amassar o cabelo com papel toalha. A NUTRIÇÃO é algo que esse tipo de cabelo se da muito bem.

Subtipos de cabelos crespo ou afro:

4a: Fabiana Rodrigues; 4b: Ana Kelly 4c: Mariana Sausanavicius

  • Crespo macio 4A: Cachos pequenos, definidos e muito fechados.
  • Crespo seco 4B: Cachos muito fechados, em forma de zigue-zague.
  • Crespo sem forma 4C: Cachos muito fechados, em forma de zigue-zague, mas sem definição.

E na TRANSIÇÃO?

Os cabelos na transição são bem indefinidos e só depois de um bom tempo de crescimento do fio natural é possível ir percebendo como ele é e assim encontrar uma melhor maneira para igualar as texturas até o dia do corte. Então a dica é abusar de penteados e assessórios para poder seguir firme e forte na transição até o fim.

Damylles Rose Kopper

Assuscena Silva

ATENÇÃO:

 As fotos acima são das nossas SEGUIDANTAS  e com base nas fotos direcionei o tipo de cabelo, entretanto, isso não significa que esse seja o real tipo de cabelo delas. Entenderam?

Agora que vocês já sabe os tipos base de cabelo ficará mais fácil os cuidados com ele. Mas lembrem-se, cada pessoa tem em sua genética características especificas e pode ocorrer de uma pessoa ter uma mescla de tipos de cabelo. Além disso, a depender da sua finalização e dos produtos usados é possível modificar o seu tipo de ondulação.

Você também pode usar receitas caseiras pra cuidar dos cabelos que ensinei aqui.

QUAL O SEU TIPO DE CABELO?

Achou esse post útil e quer mais destes?

Compartilhe no Facebook ou WhatsApp pra suas amigas aprenderem também.

Compartilhe
0
Veja mais posts sobrecabelo cacheado cabelo crespo cachos tipo de cacho
Creampie