• 29 de Abril de 2013 --------------- 14 Comentários

    “Você começa a se dar conta de que seu círculo de amigos é menor do que há alguns anos. Dá-se conta de que é cada vez mais difícil vê-los e organizar horários por diferentes questões: trabalho, estudo, namorado(a) etc. E cada vez desfruta mais dessa Cervejinha que serve como desculpa para conversar um pouco.

    As multidões já não são ‘tão divertidas’, às vezes até lhe incomodam.

    Large

    Mas começa a se dar conta de que enquanto alguns eram verdadeiros amigos, outros não eram tão especiais depois de tudo.

    Você começa a perceber que algumas pessoas são egoístas e que, talvez, esses amigos que você acreditava serem próximos não são exatamente as melhores pessoas. Ri com mais vontade, mas chora com menos lágrimas e mais dor. Partem seu coração e você se pergunta como essa pessoa que amou tanto e te achou o maior infantil, pôde lhe fazer tanto mal. Parece que todos que você conhece já estão namorando há anos e alguns começam a se casar, e isso assusta!

    Sair três vezes por final de semana lhe deixa esgotado e significa muito dinheiro para seu pequeno salário. Olha para o seu trabalho e, talvez, não esteja nem perto do que pensava que estaria fazendo. Ou, talvez, esteja procurando algum trabalho e pensa que tem que começar de baixo e isso lhe dá um pouco de medo.

    Dia a dia, você trata de começar a se entender, sobre o que quer e o que não quer. Suas opiniões se tornam mais fortes. Vê o que os outros estão fazendo e se encontra julgando um pouco mais do que o normal, porque, de repente, você tem certos laços em sua vida e adiciona coisas a sua lista do que é aceitável e do que não é. Às vezes, você se sente genial e invencível, outras… Apenas com medo e confuso.

    De repente, você trata de se obstinar ao passado, mas se dá conta de que o passado se distancia mais e que não há outra opção a não ser continuar avançando. Você se preocupa com o futuro, empréstimos, dinheiro… E com construir uma vida para você. E enquanto ganhar a carreira seria grandioso, você não queria estar competindo nela.

    O que, talvez, você não se dê conta, é que todos que estamos lendo esse texto nos identificamos com ele. Todos nós que temos ‘vinte e tantos’ e gostaríamos de voltar aos 15-16 algumas vezes. Parece ser um lugar instável, um caminho de passagem, uma bagunça na cabeça…

    Mas TODOS dizem que é a melhor época de nossas vidas e não temos que deixar de aproveitá-la por causa dos nossos medos… Dizem que esses tempos são o cimento do nosso futuro. Parece que foi ontem que tínhamos 16…

    Então, amanha teremos 30?!?! Assim tão rápido?!?”

    (Autor Desconhecido)

    Eu tô vivendo essa fase e vocês? Alguém já passou ( ou esta passando) por isso?

    Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
    me diga o que achou!

    1. Aline Praça abr 29, 2013

      Li esse texto esses dias no face! Tb super m identifiquei …

      http://bypracinha.blogspot.com.br/

    2. Blog da Nah abr 29, 2013

      Eu tô passando por essa faze. Exatamente assim!

    3. Gisele Karine abr 29, 2013

      Pior que é verdade! Passamos a infância/pré-adolescência querendo chegar aos dezoito, quando alcançamos essa tão sonhada idade… num piscar de olhos estamos com 20! A vida fica mais corrida, os problemas mais difíceis de resolver e o círculo de amigos bem mais reduzido.
      Mas vamos aproveitar né? Daqui a pouco chega os 30…

      (www.blogdagisele.com)

    4. Mariiana Lima abr 29, 2013

      é eu também estou nessa :'(

    5. Anonymous abr 29, 2013

      Amei o post!

    6. Nelize Esteves abr 29, 2013

      Nossa é muito a fase que estou vivendo e olha que só tenho 21

    7. A. abr 29, 2013

      Too mais é pra sindrome do 21 ja kkkk
      Amei o post!

      Beiijo
      A.

      http://miilcoisaas.blogspot.com.br/

    8. Karoline abr 29, 2013

      Aaaaa, indiquei para um selinho : http://paodequeijocomchocolate.blogspot.com.br/2013/04/selinho_29.html#comment-form
      kkk beijos ♥

    9. Luísa abr 29, 2013

      Tenho 23, acho que me enaixo em “20 e poucos” ainda, mas de vez em quando tenho essas crises. xD Todo mundo fala pra aproveitar enquanto se é jovem, pra mim fica sempre a paranóia de “mas até qual idade ainda é considerado jovem? Será que já passei dessa idade?”… O lado bom é que uma hora a crise passa. 😛

      Beijos 😀

    10. Babe abr 29, 2013

      estou bem nos 20 e tantos e não é fácil!
      Mais por ter menos tempo e um ‘pequeno salário’… é, passar dos 15 é assim, mas não queria voltar no tempo. Sofro menos por estar mais segura em tomar decisões.
      Acho que isso, no fim, é o que não tem preço 🙂
      A segurança de ser quem a gente é!

      O blog está lindo, parabéns!
      beijinho,

      Nati,
      chatsos.com.br

    11. Jeu Dantas abr 30, 2013

      HAHAHAHHAHAHA eu sabia que muitas de vocês iam se identificar ! bem isso…
      é questão de viver cada momento né?
      BEIJÃO ;*

    12. Carolina Castro abr 30, 2013

      Tudo tão eu… Faço 21 anos nessa quinta e sabe muitas coisas realmente estão mudando, mais o legal é que essas mudanças necessárias nos faz muito bem, mostra o quanto estamos evoluindo e o quanto falta evoluir.

      http://loloolyta.blogspot.com.br/

    13. Mayara Esther maio 01, 2013

      Lindo texto! Eu so tenho 17 e ja estou com os pensamentos iguais rsrs (acho que cresci mais rapido).
      http://www.blogdamaya.com

    14. Di Mello maio 26, 2013

      Eu tô passando por essa fase daqui há alguns dias faço 25..
      aprendi muita coisa, passei por muita coisa e hoje sou mais segura, percebi que não sou mais uma menina a pouco tempo, agora me vejo finalmente como mulher =)

      bjs adorei seu blog, vc faz um ótimo trabalho, parabéns =)

      http://tudoqueeuseiegosto.blogspot.com.br/