MAIS DEFINIÇÃO E MENOS VOLUME: Linha S.O.S Natuhair Manutenção

Volume com definição: NOVA FINALIZAÇÃO

Como fazer faculdade à Distância UNINASSAU

Lançado dia 30 de abril, o filme “Entre abelhas” com Fábio Porchat, é bem diferente de tudo que o fábio já fez e esta dividindo opiniões.

entre-abelhas-306x450

Sinopse: Bruno (Fábio Porchat), um editor de imagens recém-separado da mulher (Giovanna Lancellotti), começa a deixar de ver as pessoas. Ele tropeça no ar, esbarra no que não vê, até perceber que as pessoas ao seu redor estão ficando invisíveis. Com a ajuda da mãe (Irene Ravache) e do melhor amigo (Marcos Veras), ele tentará descobrir o que se passa em sua vida.

Lançamento 30 de abril de 2015 (1h40min)
Dirigido por Ian SBF
Com Fábio Porchat, Marcos Veras, Marcelo Valle mais
Gênero Comédia , Drama

“Quanto à principal temática do filme, é interessante notar o contraponto entre Bruno e David. Se a “síndrome” apresentada por Bruno pode ser interpretada como uma forma de egoísmo, acompanhada da busca pela necessidade de enxergar as pessoas como resultado do fim da tristeza pelo fracasso do casamento, David é a personificação do egoísmo puro, e talvez a “cegueira” dele seja muito pior que a do amigo, já que este não se preocupa com ninguém além de si próprio. Cinema em ação

 Antes de ver qualquer filme, eu sempre vou ver resenhas e sinopse dele, como tinha Fábio Pochart e dizia ser de comédia, eu e minha amiga escolhemos vê-lo.

O filme é diferente dos filmes nacionais que estamos acostumados a ver. Não tem tanto palavrão, a fotografia e estilo de vídeo é diferente, não aborda esteriótipos escrachados nem tem piadinhas toscas.

Após sua esposa pedir separação, Bruno esta com amigos numa casa noturna para sua “despedida de casados” e ele começa a parar de enxergar as pessoas. Com o tempo isso vai aumentando e ele passa a ver cada vez menos pessoas. Sua mãe, tenta ajuda-lo, fazendo alguns testes com um funcionário de uma lanchonete, mas sempre sem sucesso. filme+entre+abelhas+faladantas

Pra que for ao cinema esperando um filme de comédia, ainda mais por ter Fábio Porchat e Marcos Veras, vai se decepcionar. Ele tem sim, alguma cenas que eu ri muito! Mas no geral e , principalmente, no final, você percebe que o filme é mais para o drama. O que alguns chama de “tragicomédia”.

filme+entre+abelhas+faladantas filme+entre+abelhas+faladantas

Foi inusitado, ao final do filme todo mundo no cinema ecoou ” Oxe? O que? Que ridículo!” . A grande maioria não entendeu a mensagem do filme. Sim, ele tem uma mensagem! Eu e minha amiga saímos decepcionadas e P da vida hahahaha por que também não entendemos. Cheguei em casa e fui procurar o máximo de resenhas possíveis.

E entendi. Como o próprio Fábio Porchat disse numa entrevista, o filme não é uma comédia e sim um drama sobre algo que muitas pessoas vivem. Eu tenho pra mim, que é aquele tipo de filme que cada um vai ter uma interpretação, sabe?

Em resumo, eu achei um filme bom. Achei ótimo que fugiu a linha escrachada de filmes de comédia nacional. É de fato, diferente. Acho que vale assistir, se você for já pensando que é um drama com uma mensagem a ser passada. Se for na intenção de morrer de rir, não vai gostar.

Vou deixar alguns links das resenhas que li:  Cinema Detalhado, Adoro Cinema e Hi cultura

QUERO SABER DE VOCÊ: O QUE ACHARAM DO FILME?

Gostou desse post? Compartilhe  Te vejo amanhã, hein? Conteúdo novo todo dia!!

 ONDE ME ENCONTRARYoutube | Facebook | Instagram | Twitter 

Posts por E-mail

Compartilhe
2
Veja mais posts sobreresenha
Instagram @faladantas
  1. Mone Venzel 15/05/2015

    Parece bom o filme.
    Os filmes brasileiros ultimamente tem tido um nível muito bom. Essa coisa de comédia escrachada em filme brasileiro já ta virando coisa do passado, ainda bem. ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    • Fala Dantas respondeu Mone Venzel 15/05/2015

      SIM, estao melhorando muito graças a Deus!
      O povo começa estranhando, mas depois vai acostumar

Creampie