• TENDÊNCIAS DE VESTIDOS DE NOIVA PARA 2018
  • 4 de agosto de 2017 --------------- Deixe um comentário

    Você sabe qual o seu tipo de cacho? Tem dificuldade em usar os produtos mais adequados e cuidar dos fios corretamente?

    Ei mulher! Esse post é especialmente para VOCÊ!

    Encontramos cabelos lisos, ondulados, cacheados ou crespos, e para cada tipo de cabelo existem variações quanto à espessura, volume e brilho dos fios. Neste post teremos uma explicação de cada tipo de cabelo e com a participação das leitoras mais lindas  desse BRASIL! #SEGUIDANTAS

    Características do Cabelo tipo 1 (LISOS)

    Esse tipo de cabelo costuma ser bem sedoso, afinal a oleosidade natural dos fios consegue atingir as pontas dos fios.

    Como cuidar: Para evitar o ressecamento do uso continuo de chapinha e baby liss, os cabelos lisos precisam de hidratação a cada duas semanas e a cada lavagem deve-se usar cremes protetores térmicos antes de usar o secador ou a chapinha.

    Subtipos de cabelos lisos:

    • Liso fino 1A: Sem volume e escorridos, que não modelam e não seguram nada. Além disso, este tipo de cabelo possui mais oleosidade diante dos outros.
    • Liso médio 1B: Pouco de volume, mas já é possível modelar as pontas e de colocar grampos e alguns assessórios.
    • Liso grosso 1C: São mais grossos e com volume, podem armar com facilidade e são até difíceis de modelar. Olha que curioso?!

    Características do Cabelo tipo 2 (ONDULADO)

    O cabelo ondulado forma ondas em forma de S, podendo ficar liso quando escovado ou cacheado quando é amassado com bastante empenho (kkkk), formando cachos soltos e com muito movimento.

    Como cuidar: Para definir as ondas, deve-se usar cremes para pentear ou ativadores de cachos, e preferir cortes em camadas, pois dão mais movimento às ondas.

    Subtipos de cabelos ondulados:

    2a: Dani Brasileiro; 2b: Paloma Cosenza; 2c: Tamires Silva.

    • Ondulado fino 2A: Esses fios de cabelo são suaves, fáceis de modelar e geralmente não tem muito volume.
    • Ondulado médio 2B: Tendem a ter frizz e não são muito fáceis de modelar.
    • Ondulado grosso 2C: Os fios são ondulados e volumosos, começando a formar cachos soltos.

    Características do Cabelo tipo 3 (CACHEADO)

    O cabelo cacheado forma cachos bem definidos que parecem molas, mas tende a ser seco.

    Como cuidar: O ideal é que os cabelos cacheados sejam lavados apenas duas vezes por semana com shampoos anti-frizz ou sem sal. Dando importância a cada lavagem, que os fios devem ser hidratados com creme de tratamento, máscara de hidratação ou se jogar no CRONOGRAMA CAPILAR. Depois de lavar e tratar o cabelo, deve-se finaliza-lo conforme você sabe e se sente bem naquele dia.

    Subtipos de cabelos cacheados:

    3a: Géssica Moreira; 3b: Tamires Silva; 3c: Iandra Kaline.

    • Cachos soltos 3A: Cachos largos e regulares, bem formados e redondos, geralmente finos.
    • Cachos fechados 3B: Estreitos e bem formados, mas, mais fechados que os cachos soltos e mais grossos, tendendo a ficar armado.
    • Cachos muito fechados 3C: São bem fechados e estreitos, ficando grudados uns nos outros.

    Características do cabelo tipo 4 (CRESPO ou AFRO)

    O cabelo crespo ou afro é  frágil e seco, pois a oleosidade não consegue percorrer os fios do cabelo, assim como nos cabelos cacheados, e por isso a nutrição deve ser feita com maior frequência.

    Como cuidar: Deve-se usar o finalizadores e óleos naturais e deixar os cachos secarem naturalmente, apenas retirando o excesso de água ao amassar o cabelo com papel toalha. A NUTRIÇÃO é algo que esse tipo de cabelo se da muito bem.

    Subtipos de cabelos crespo ou afro:

    4a: Fabiana Rodrigues; 4b: Ana Kelly 4c: Mariana Sausanavicius

    • Crespo macio 4A: Cachos pequenos, definidos e muito fechados.
    • Crespo seco 4B: Cachos muito fechados, em forma de zigue-zague.
    • Crespo sem forma 4C: Cachos muito fechados, em forma de zigue-zague, mas sem definição.

    E na TRANSIÇÃO?

    Os cabelos na transição são bem indefinidos e só depois de um bom tempo de crescimento do fio natural é possível ir percebendo como ele é e assim encontrar uma melhor maneira para igualar as texturas até o dia do corte. Então a dica é abusar de penteados e assessórios para poder seguir firme e forte na transição até o fim.

    Damylles Rose Kopper

    Assuscena Silva

    ATENÇÃO:

     As fotos acima são das nossas SEGUIDANTAS  e com base nas fotos direcionei o tipo de cabelo, entretanto, isso não significa que esse seja o real tipo de cabelo delas. Entenderam?

    Agora que vocês já sabe os tipos base de cabelo ficará mais fácil os cuidados com ele. Mas lembrem-se, cada pessoa tem em sua genética características especificas e pode ocorrer de uma pessoa ter uma mescla de tipos de cabelo. Além disso, a depender da sua finalização e dos produtos usados é possível modificar o seu tipo de ondulação.

    Você também pode usar receitas caseiras pra cuidar dos cabelos que ensinei aqui.

    QUAL O SEU TIPO DE CABELO?

    Achou esse post útil e quer mais destes?

    Compartilhe no Facebook ou WhatsApp pra suas amigas aprenderem também.