• 1 de março de 2013 --------------- 1 Comentário

    Que haja sonho, não o medo de sonhar.
    Que venha tarde, ou cedo, mas que venha,
    e que não seja utopia. Que seja até ventania, seja tudo, menos agonia.

    Que me falte o sono, não à minha cafeína,
    que me aguenta todos os dias, 
    como se fosse à minha endorfina.

    Que seja tudo, menos o medo de se ariscar,
    perder, ou ganhar. Que seja como for,
    mas que seja até amor.  

    Que me faça pular da “ponte
     que me faça pensar longe…
    que eu desenhe seu nome, ou, não desenhe.  
    Mas que venha sempre em minha mente,
    à vontade de sonhar, crer e esperar.

    E que seja tudo, menos engano em te amar.
    Que me faça mudar o jeito de falar, mas,
    não me faça despedaçar.

    Que haja o que houver, 
    não o medo de sonhar.
    Que seja tudo, menos o querer de não mais te amar. 

    Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
    me diga o que achou!

    1. Não me entenda Mal mar 01, 2013

      Ótimo texto, Jé. Adorei!

      Beijos, Romário.
      http://www.naomeentendamal.com.br