O QUE FAZER EM SALVADOR – ANO NOVO

PROTETOR SOLAR EPISOL SPRAY FPS60

CRONOGRAMA CAPILAR BARATO

Soneto do amor livre .

19 de Novembro de 2012 ---------- 4 comentários


Deixo livre meu amor para amar.
Deixei desenhado seu rosto junto ao mar,
com pequenas ondas a levar
a imagem do homem que amei e deixei livre para voar.

De joelhos na areia vejo se desmanchar “meu amor
A brisa suave me embala, o sol me toca.
Quero voltar a sonhar,
mesmo com o coração em “pedaços” um dia eu ei de amar.

Com versos simples de um amor profundo,
deixo escrito aqui o meu amor por ti
que vivi mais que perdi.

Do meu amor eu vou lembrar.
Como estrelas a contar
assim, o meu amor, eu vou guardar.

Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
me diga o que achou!
Compartilhe
4
Instagram @faladantas
  1. Júh Britto ♥ 19/11/2012

    Que texto mais lindo Jeu adorei
    Tenho uma tag em meu blog sobre as viagens dos blogueiros vi as suas do Japão e achei lindas gostaria de saber se vc me permite publica-las nessa tag desde ja agradeço fico no aguardo ou entre em contato comigo pelo E-mail julienebritto@hotmail.com

    bjos

    http://jhdocemel.blogspot.com/

  2. Achei a imagem linda e o poema dispensa comentários. Adorei conhecer o blog!. Fiz uma visitinha e te convido a conhecer meu cantinho. Tô te seguindo e se gostar me siga também =). Beijos!

  3. Mariana Leal 20/11/2012

    Olá querida, já estou seguindo seu blog, que é muito charmoso viu?

    Convido você e suas leitoras a conhecer o meu:

    toobege.blogspot.com

    Beijinhos e tenha uma ótima semana!

  4. Carolina C. Przy 21/11/2012

    REalmente, dispensa comentários este soneto de amor!
    Acompanho seu blog a algum tempo mas nunca comentei, acho lindo!!!

    http://www.carolinacprzy.blogspot.com.br/