• 14 de julho de 2012 --------------- Deixe um comentário
    É torturante ouvir cada ‘tic,tac’ do relógio, sem ter a certeza de quando você virá. Esperar, todas as manhãs, algum vestígio de que você chegou e está me esperando acordar. Todas as noites, deitar na cama completamente vazia e permanecer ali, somente eu e meus pensamentos, sem te ter ao meu lado. É uma tortura te esperar, todos os dias e isso já virou monótomo… Uma rotina monótoma e torturante.. te querer, te esperar, te desejar. Mas, enquanto você não vem, sou obrigado(a) á ficar sozinho(a), com o barulho irritante do relógio, mostrando que nem o tempo sabe se um dia você vem me amar…

    Tic, tac, tic, tac…”
    Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
    me diga o que achou!