• 7 de setembro de 2012 --------------- 3 Comentários
     Na segunda feira , dia 27 de agosto completamos o BESSEKII , expliquei sobre isso AQUI, fizemos a ultima preleção a tarde e fomos pra casa nos arrumar . E engraçado como a casa inteira, todo o alojamento esta em prol desse “evento”. E como numa casa no Brasil, que a filha mais nova esta se formando na faculdade de medicina ou direito , e a mesma preocupação e cuidado.
    Banho super rápido e maquiagem básica, lá eu nunca tinha tempo pra super produções ,mesmo que num acontecimento como esse, acontece…..  A roupa para a “formatura” eh um kimono . Fui para outro quarto onde duas senhorinhas me esperavam para me vestir . Eh muita roupa e muita amarração meu deus, chega era difícil de respirar. São mais ou menos 3 ou4 pecas sobrepostas e um calor infernal, mesmo estando em frente do ventilador. Uma pena que não pude filmar ou fotografar elas me arrumando…
    Depois de pronta , calcamos sandálias de Madeira *_* e fomos para o ônibus que no levaria. 
     Dava pra ir andando cerca de 10 minutos, mas no sol de rachar que eh lá, chegaríamos derretidas .
     Chegando no templo ( já mostrei ele aqui ) e a fotografa já nos esperava , como recepção de formatura mesmo. Tiramos fotos em frente ao templo, com o sol bem na cara. Nossas caras não ficaram tão boas…..
    Enfim,entramos,ficamos numa salsinha aguardando sermos chamados para recebermos as orientações . Noutra sala, tem um sensei e um tradutor pra nos brasileiros , eles explicam como vai funcionar tudo e como devemos agir e nos movimentar .

    A importância do dom do sazuke : Para os adeptos da religião tenrikyo , aqueles que completam o besseki tem o espirito renovado e estão pronto para receber o dom da cura, o sazuke. Que é concedido ao espirito purificado , pelas mãos do Shimbashira ( equivalente ao papa,para os católicos) somente em Tenri a cidade que eu estava, onde ficam os templos da  casa de Oyassama”   ( antigamente chamada de jiba terra Parental ) . 
    Por isso, era um grande privilegio pra nós,brasileiros,estarmos nesta cerimônia pois , aqui no Brasil há esta religião onde há adeptos com mais de 20 anos de pratica ,mas que não são Yobokos ( aqueles que tem o dom do sazuke ) por falta de oportunidade de ir para o Japão.

    Foi chegando a hora de ir pra salinha onde receberíamos o dom das mãos do shibashira ( eqüivale ao papa dos católicos) e dava uma apreensão. É tudo muito certinho,eles tem um respeito absurdo pela ocasião.Não se pode usar esmaltes ou adornos como colar,brincos,relógio,etc. Tem todo um esquema de posicionamento,ordem de entrada.
    Você não fala nada ( não precisa nem deve) . O esquema é quase assim :
    Fila dos que vão receber o dom > um cara sentadono chao avisa quando você pode entrar (tem um biombo que não deixa ver la dentro) , voce entra e tem um “triangulo imaginário”   na frente o Shimbashira ( que eu queria vê-los pos dizem que não se pode olha-lo, mas nao deu nem tempo :/) e dois outros caras sentados no chao, um aponta onde voce deve sentar ( no meio deles) e o outro esta com a mão estica pra que entregue o papel a ele. Ele lê seu nome,idade,nascimento e endereço , o Shimbashira fala umas palavras (em Japonês,claro) e o carinha da esquerda fala algum tipo de “Obrigada sei que mais lá” (em japones) e você sai. FIM. 20 segundos no máximo.
    Mas que a apreensão faz as mão suarem e o coração acelerar. 

    Depois da cerimonia,vamos para uma sala ouvir mais três preleções falando sobre “o que nos tornamos agora” e como se concede o dom da cura aos que estão precisando.Depois de tudo feito no templo,mais foto com a fotografa e depois fomos para um sushibar comemorar  ( e finallmente, comer sushi ! )

    Tá, não fui eu quem comeu isso tudo.Mas não custa nada tentar né?! *-*

    contarei tudo aqui no blog e no Canal do Youtube , pois farei videos de lá 🙂 Então,se vocês quiserem embarcar comigo nessa é simples :

    •Assine a newsletter- Ai você recebe um resumo do post por e-mail pra sempre saber quando tem poste novo. CLIQUE AQUI pra inscrever-se.
    •Veja os videos – Só se inscrever no nosso canal AQUI, corre lá ^^

    •Acompanhe-me no Facebook : AQUI na Fanpage e AQUI no meu perfil pessoal.

    •Quer saber algo,mas é tímido(a)? Criei um Ask.fm , segue lá !

    Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
    me diga o que achou!
    3 de setembro de 2012 --------------- 5 Comentários


    Nara é uma das ex capitais do japão , e o Sensei Takenaga quis nos levar lá para conhecermos o parque onde fica o maior Buda de madeira do mundo e que ficam veados soltos por todo o parque.

     O passeio é incrível, vamos de ônibus com uma guia que via explicando tudo do lugar em japonês,claro. Mas Danka traduzia em inglês pra mim aí facilitava . Os veados ficam soltos pelo parque tranquilamente andando entre nós. Podemos comprar biscoitos de lá e dar pra ele. Tive uma trágica experiência com isso.


    Não sou budista, mas ainda assim o buda de madeira é realmente lindo !  Fico imaginando o trabalho que deve ter sido pra fazer aquilo daquele tamanho, não sei quantos metros tem extamente ( dê um saque no google aê ;* ) 

     Vimos mais um templo, mais obras incríveis mais cultura mais novidade.

    me diverti bastante , embora as pernas pedissem arrego !! 

    Minha experiência trágica com os veados : o sensei comprou os biscoitos, no final do passeio, pra eu e a Tamara dar mos aos veados. Achando que seria moleza, lá fomos nós…quem disse ?? Os veados ficam alvorossados, nos atacando, foi pânico demais ! Mas no fim das contas foi divertido, tirando a parte que tamara levou uma chifrada na perna….sorte a dela que ele estava com os chifres cortados.


    A viagem, agora vai ficar melhor, pois o besseki acabou no dia 27 , entao não temos mais obrigações e preleções que são chatas. Mas agora , já vamos embora no dia 31. Graças a Deus ! Saudade demais das minhas coisas, familia e …


    contarei tudo aqui no blog e no Canal do Youtube , pois farei videos de lá 🙂 Então,se vocês quiserem embarcar comigo nessa é simples :

    •Assine a newsletter- Ai você recebe um resumo do post por e-mail pra sempre saber quando tem poste novo. CLIQUE AQUI pra inscrever-se.
    •Veja os videos – Só se inscrever no nosso canal AQUI, corre lá ^^

    •Acompanhe-me no Facebook : AQUI na Fanpage e AQUI no meu perfil pessoal.

    •Quer saber algo,mas é tímido(a)? Criei um Ask.fm , segue lá !

    Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
    me diga o que achou!
    28 de agosto de 2012 --------------- 1 Comentário



    Nossos dias aqui são sempre cheios,cansativos, corridos. A saudade de casa é absurda, eu particularmente nunca dei tanto valor á minha casa, minhas coisas, meus pais. Saudade de colo de mãe. 
    Não sei se todos os japoneses são assim, mas estes que moram aqui no alojamento são incrivelmente prestativos, carinhosos, cuidadosos. Eles não entendem português, mas andam pra cima e pra baixo com um dicionario de frases que eles ficam treinando, para falar conosco. Eles pensam nos detalhes.

    Tem um auto falante onde avisam que a ceia esta pronta, que temos que sair ou qualquer outro aviso. Eles falam em japones e no finalzinho eles tentam português ” a ceia esta pronta” . É muito amor ver como eles se preocupam com nosso conforto e bem estar.


    Hoje, eles fizeram uma festa para nós brasileiros que estamos fazendo o BESSEKI. É incrivel como eles pensam em tudo. Tentaram fazer pizza, mais parecia uma omelete mas dizem ser ” pizza estilo japonês ” , batata frita , yakssoba. Eles mudam o cardápio do refeitório só para no agradar . É incrivel, no brasil isso é raro. 


    Danka , a esposa do Sensei nos vestiu com Happi , roupa tipica das japonesas . Eu me senti em casa , uma sensação boa de ” preocupam-se conosco ” . Eu adorei a roupinhaa , coisa mar linda. 

    O que me surpreende é a preocupação deles com os detalhes,pra nos agradar. Ate escreve “batata” na testa dum deles que trouxe a batata frita . Teve show de magica cômica e depois a magica de verdade. Eu ri horrores, de chorar ! kkkkkk e o magico de verdade, incrivel eu só ficava boca aberta .

    Estavamos todos precisando disso , um descanso uma distração . Aqui é tudo muito intenso, cansativo. Eu juro que me sinto como no BBB , ‘confinamento”, obrigações, longe da familia com pessoas que nem falam sua lingua.
    Estou tirando muita coisa boa desta experiência, dar mais valor á minha familia, por exemplo !

    Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
    me diga o que achou!