• 9 de dezembro de 2014 --------------- 8 Comentários
    Oi, geeeente, tudo bem?

    Bom, como eu sei que vocês nos conhecem pelo “oi”, já deu pra perceber que não é Jeu escrevendo, né? rs

    The Reader "Those who don't believe in magic will never find it." - Roald Dahl re-pinned by: http://sunnydaypublishing.com/books/
    Meu nome é Luiza, mas esteja à vontade pra chamar de Lu (eu até prefiro. Mesmo! kkk), do blog Divagando. Apareci por aqui pra me apresentar como nova revisora do blog de Jeu e explicar os motivos que nos levaram a fazer essa parceria 🙂

    Primeiro, quero me declarar como fã anônima do Fala, Dantas desde quando ainda era Dantas Trendy’s, e como uma grande admiradora do sucesso de Jéssica, porque lembro do tempo que éramos meras conhecidas de colégio, e eu morria de inveja daquele cabelão liso! Kkkk que se transformou nesse cabelo cacheado maravilhoso à medida que ela foi conquistando mais auto-confiança e se tornou essa mulher segura, decidida e que produz conteúdo de verdade que inspira muitas meninas por aí.
    Maaaas só isso não bastaria pra ser revisora dela, né, gente, pera aê! Kkkk
    Eu estudo Letras na UFBA.

    Descobri, recentemente, que desde criancinha eu já queria ser professora, e com uns 14 anos decidi que seria de Língua Portuguesa. Acho a Língua maravilhosa, de uma estrutura encantadora e de variações apaixonantes. Não me vejo fazendo outra coisa da vida. Mas, como nem tudo são flores, confesso que, no início, me decepcionei um pouco com o curso porque muitas coisas eram completamente diferentes de tudo que eu já havia imaginado um dia. A decepção não foi suficiente pra me fazer desistir de um sonho, pelo contrário, só me fez querer passar por cima das dificuldades que surgiram e seguir em frente, ainda mais forte. (Leve isso para a vida, tá?!)
    Hoje eu digo com todas as letras que AMO meu curso e não trocaria por nenhum outro.
    – Ah, Lu, mas vai ser professora, trabalhar muito, ganhar pouco, ser desvalorizada, né?
    Não é novidade pra ninguém que a profissão é mesmo mal vista e, sério, não sejamos tolos: as grandes autoridades não têm nenhum interesse na inteligência da população que vota e, infelizmente, essa é a grande verdade a qual estamos submetidos. Então eu não fico por aí sonhando com o dia em que o professor vai ganhar salário de médico (pelo menos não nesse país) e nem triste porque as coisas são assim. Eu sabia bem como seria desde que decidi seguir a minha vontade e pronto.

    Good Reads: Lauren Conrad's Spring Reading List
    Eu sou muito feliz e realizada estudando a Língua, vendo a felicidade nos olhos dos alunos com quem troco conhecimentos e experiências (porque isso é ensinar) e, principalmente, sabendo que estou fazendo o melhor que posso para que esse país suba – um pouquinho que seja – de nível na escala mundial. (Poxa, falei tão bonito, né? Kkkk)

    – Lu, quero fazer Letras, e aí?
    Bom, se você pensa igualzinho a mim, sem tirar nem pôr, e vai fazer unicamente por amor à profissão: se jogue! Qualquer motivo contrário à isso: não faça.
    É claro que ninguém vai viver de amor e gratidão de aluno porque a gente precisa comer, pagar contas e tal, mas também não dá pra esperar ficar rico, gente. Não vai rolar. (a menos que você arranje um marido médico! Hahahaha)
    O curso me proporciona sempre muitas coisas boas, inclusive ter conhecido a linda da Kévilin, minha amiga, sócia e parceira, com quem divido o blog e tá dando muito certo, graças a Deus! rs
    No maaais, é isso, gente!
    Espero que vocês apreciem mais ainda os textos de Jeu e que a gente consiga deixar tudo bem legal por aqui.

    Um beeeeijo da Lu :*
    Facebook // Instagram da Lu 
    Fanpage // Instagram do blog // Twitter
    Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
    me diga o que achou!

    1. Tatiana candido vilela dez 09, 2014

      Oi Lu! Sempre passo por aqui. Hj me identifiquei com a postagem. É que também sou professora e lido com as realidades que você mencionou.
      Fico feliz de ver que em breve terei uma colega de trabalho com esse desejo de contribuir.
      A maior satisfação em ser professor está em perceber que ajudamos alguém a ir mais longe.

      Parabéns! Bj pra vc e pra Jéssica.
      oceano-particular.blogspot

      • Divagando Blog dez 11, 2014

        Que bom que se identificou, querida 😀
        Em breve nos encontraremos por aí, então! Obrigada.

        Beeijo, Lu

    2. Tainan Barboza Generoso dez 09, 2014

      Faço letras e amo, penso em ser professora, mas não sei se levo jeito, acho que verei isso quando chegar no estágio, mas não desistiria, amo estudar português e literatura, acho letras abre muito horizontes, o de revisor é um.

      http://www.eucurtoliteratura.com/

      • Divagando Blog dez 11, 2014

        Primeiro tente e descubra se realmente leva jeito ou não, caso não leve, é como você disse: são muitos horizontes 😉 O importante é que você se sinta feliz e realizada!

        Beeijo, Lu

    3. susany Oliveira dez 09, 2014

      Não pretendo fazer licenciatura, mas acho lindo quem quer ser Professor e segue seu sonho independente do que as pessoas falam e do quanto a área é desvalorizada aqui no Brasil. Desde pequena quero ser Veterinária e ou Bióloga, mas tenho muita vontade de fazer história só por hobby.

      http://www.garotadosuburbio.com/

      • Divagando Blog dez 11, 2014

        Tente fazer por lazer mesmo e, quem sabe, você não acaba se apaixonando e descobrindo que também gostaria de lecionar? 😉

        Lu

    4. Lua.C./A Partir Dos 23 dez 10, 2014

      Oiii, eu quero e vou fazer letras. *—*
      eu acho simplesmente demais. Dinheiro de montão pra
      mim não é o principal. Logo adoreiii o post.
      bjuuu. :)))

      http://apartirdos-23.blogspot.com.br/

    5. Daniella Dias dez 10, 2014

      Faço pedagogia e Letras é o próximo passo!
      #foco

      Belo post!

      bjOO

      Blog Breshopping da Dany
      SORTEIOS Breshopping da Dany SORTEIOS
      Twitter: @brechodanylins