• 10 de dezembro de 2012 --------------- Deixe um comentário

    Eu já sabia que esse início não seria fácil, principalmente porque ia abrir mão de toda gordura, açúcares e companhia que costumava ingerir (as vezes por ansiedade). Por incrível que pareça, a alimentação tem sido a parte mais fácil. Não estou fazendo nenhuma dieta radical, mas em outro post eu conto para vocês como está sendo. Minhas séries de musculação e aeróbico ainda são baixas, eu nunca pratiquei exercício nenhum na vida, então é melhor ir com calma.

    Tem dias que eu deito e a vontade é de desistir gente, muita dor! Esta primeira semana, acho que é a mais difícil. As pessoas que conheço que malham, sempre me falaram que dói bastante, mas eu não pensei que seria tanto. O bom é que, antes das séries, eu sempre faço 20 minutos de esteira e ai eu aqueço para a musculação, diminuindo a dor do dia anterior. Geralmente, a dor só vem depois de umas 2h que acabei de malhar, parece que o corpo esfria e começa a doer tudo, só no dia seguinte, quando eu volto a malhar, a dor diminui um pouco (mas depois volta RS).
    Cada dia faço uma série, são duas e é fundamental intercalar, cada dia você faz uma. Ainda não tive oportunidade de ir nas aulas em grupo, como Jumping e Spining, vou deixar para semana que vem, já que esses primeiros dias já estão sendo bem pesados. Os professores me confirmaram que é normal sentir dores musculares bem intensas nos primeiros dias, principalmente para quem nunca fez exercícios na vida. Estou aguentando super bem as séries, o incomodo mesmo é a dor constante. Mas… percebi que não acho tão ruim acordar cedo, e mesmo indo trabalhar quebradíssima, me sinto mais disposta do que quando não estava me exercitando.
    Bom, acho que a primeira semana foi isso: dor, cansaço, adaptações e mudanças. Ainda não consigo enxergar resultado ou algo do tipo e, não vou ser hipócrita, por enquanto o único lado bom da coisa foi a disposição. É minha primeira semana, está sendo ruim pra caramba (por causa das dores), mas estou firme e motivada, não vou desistir (mas não vou mentir pra vocês, é difícil!).



    Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
    me diga o que achou!