• 8 de dezembro de 2013 --------------- 4 Comentários
         Não sei bem começar, talvez pela primeira vez, me vejo carregada de sentimentos, mas vazia de palavras. Como um quebra-cabeça. Posso até querer desabafar, chorar, ou apenas conversar… Mas, sabe quando tudo aquilo que você pedia com os olhos fechados, olhando para o céu, implorando por um sinal, ou desejando algo? Então… nem isso mais eu faço.


         Quando tudo aquilo que era razão da sua suplica se torna apenas nada, isso te faz ver o que passou de uma outra forma. Não que não tenha sido importante, até foi… porém agora, deixou de ser tudo, e se tornou apenas aquilo que sentia em um tempo; um momento – uma vez – algo que passou. Quando deixei de lado, aquela sensação de que gostaria de viver o que um dia vivi, compreendi que finalmente deixei livre meu coração e minha mente, para que possa voar, viver, sonhar e um dia, voltar a amar.

    Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
    me diga o que achou!

    1. Jô Turquezza dez 08, 2013

      Triste e bonito!
      Bom domingo.
      Beijos.

    2. Adriana dez 09, 2013

      oi amada, parece que o tio google resolveu reativar o feed de atualização de blogs, mas a gente tem q assinar de novo… estou tentando colocar em dia minha lista de blogs,o que não está fácil…. desculpa a ausência, mas não recebo feed de atualizações desde outubro, quase enlouqueci por causa disso.. espero q agora dê certo…. bjkas tititi da dri

    3. Filosofia dos Quinze dez 15, 2013

      ” Quando deixei de lado, aquela sensação de que gostaria de viver o que um dia vivi, compreendi que finalmente deixei livre meu coração e minha mente, para que possa voar, viver, sonhar e um dia, voltar a amar.” Caraca, essa parte realmente mexeu comigo. Lindo texto, parabens!

    4. Leide Araujo dez 15, 2013

      Inspirador!! Parabéns ♥

      Ps: SEU CABELO É LINDOOO ♥

      Meu cantinho: theladydiarie.blogspot.com

      Seguindo.. se puder ♥