• 12 de outubro de 2018 --------------- Deixe um comentário

    DICAS DE PRESENTES PARA AS CRIANÇAS

    Já tivemos post esta semana com dicas de brincadeiras antigas para você aproveitar com a criançada nesse dia das crianças. Agora vamos de DIY com ideias de brinquedos bem legais e fáceis para você presentear as crianças sem gastar muito.

    DIY PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    Geleca cósmica para o Dia das Crianças

    A geleca tradicional já tem a atenção das crianças, mas você pode incrementa-la é ainda mais legal. Primeiramente você vai seguir a receita original e adicionar purpurina, que dá o ar “cósmico” na geleca.

    DIY PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    Nenhum ingrediente da composição agride a saúde e a brincadeira ajuda ainda a desenvolver a coordenação motora fina, pois exige que a criança crie objetos com as mãos.

    Veja a receita: 

    DIY PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    Para soltar a criatividade

    Kit pintura – Vá em uma loja especializada e procure cavalete para crianças, telas, pincéis e tinta acrílica não tóxica. Vai ser hit total.

    DIY PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    Canetas para pintar porcelana – Compre algumas xícaras, pratos e objetos brancos, coloque em uma caixa personalizada e acrescente um kit de canetas para pintar porcelana. Depois é só aproveitar a criatividade da criança e fornecer um chá ou café com seu novo conjunto de louças.

    DIY PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    Instrumentos musicais – Outra coisa que criança adora, é a musica. Então uma boa ideia de presente são os instrumentos musicais de brinquedo se a criança for muito nova. Caso a criança já tenha interesse em aprender de fato o instrumento vale a penas presenteá-la pro completo e quem sabe matricular o pequeno em um curso de musica.

    Diy de livros de colorir para crianças

    Os livros de colorir se tornaram febre em 2017 e certamente você comprou um e ficou se acabando feito uma criança. Sendo assim essa é uma opção barata e simples de presentear crianças acima dos 3 anos de uma forma personalizada.

    DIY PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    Primeiramente você vai escolher o tema para o livro e fazer uma busca rápida no google de imagens para colorir deste tema. Colete o maior numero de imagens que você puder, escolha o tamanho do livro e imprima as imagens. Monte o livro e acrescente ao presente uma caixa de giz de cera ou lápis de cor.

    Você pode encontrar algumas ideias no Pinterest.


    VEJA TAMBÉM

    Como cuidar do cabelo cacheado infantil com poucos passos.

    AGORA É SUA VEZ: QUAL SEU DIY FAVORITO?

    VAMOS SER AMIGAS! Me segue no Instagram @faladantas, que tem dicas todos os dias.
    Temos um grupo do FalaDantas no Facebook onde tiro duvidas, pergunto o que querem ver e tudo mais!
    CLIQUE PRA SE INSCREVER NO CANAL

    10 de outubro de 2018 --------------- Deixe um comentário

    TRANSIÇÃO CAPILAR: RELATO DE UMA SEGUIDORA

    Ê kenguianes! Tudo bem com vocês? Hoje trouxe pra vocês a história da Pamela Dal Alva, que tem 25 anos e mora em São Paulo, capital. Ela mandou por e-mail seu depoimento sobre a transição capilar e eu espero que você goste muito.

    Se você quiser mandar seu depoimento pra mim também, é só mandar para seguidantas@gmail.com. Quero muito conhecer a sua história!

    MINHA TRANSIÇÃO CAPILAR – Pamela Dal Alva

    Olá, meu nome é Pâmela Dal Alva, tenho 25 anos e sou de São Paulo-SP. Antes de mais nada quero disser que: essa não é só uma história de auto aceitação capilar.

    O início

    Na minha época do ensino fundamental eu vivia com o cabelo preso e como sempre fui magrinha, isso gerava muito bullyng em cima de mim. Com 15 anos descobri a chapinha e passei a usar apenas na franja, sempre escutava as piadinhas de “cabelo duro”, “magricela”, “palito de churrasco”, “cabelo de bombril” entre outras coisas muito horríveis, passei em todo o cabelo e usava ele bem escorrido mesmo, eu fui aquelas pessoas que olhava que não tava alinhado já estava ali alisando de novo e de novo e de novo. Nessa mesma época fiz progressiva no meu cabelo e lembro que não gostei do resultado pois estava na cara que era um liso “falso” e com chapinha ele ficava com a aparência “natural”.

    O começo das mudanças na cor

    Em 2012/2013, quando arrumei meu primeiro trabalho, decidi pintar metade do cabelo de roxo, nessa época estava na faculdade e comecei namorar, um tempo depois acabei deixando a chapinha de lado por ele não querer que eu usasse, por um lado foi até bom pois já estava com preguiça de ficar enfiada lá no banheiro alisando o cabelo, fazia apenas na franja.
    MINHA TRANSIÇÃO CAPILAR - Pâmela Dal Alva
    No meio dessa indecisão capilar, entrou outras coisas no meio como descobrir que eu estava em um relacionamento abusivo, onde não podia mais mudar como eu queria ou vestir o que eu queria ou conversar com quem eu queria e as coisas foram ficando bem ruins, ele me vez não me enxergar bonita com nada, até que depois de um ano e meio de sofrimento dei um basta e a primeira coisa que decidi foi voltar com tudo que ele tinha me tirado, começando com meu amor próprio, depois com minhas redes sociais e  meu bem mais precioso que seria o blog.

    Aprendendo a cuidar do cabelo

    Em 2014, foi minha primeira Beauty Fair e a partir dai comecei a aprender a cuidar do meu cabelo, e cada vez mais queria mudar e mudar e sempre que ficava mal, para aumentar minha autoestima eu dava uma mudada no cabelo me renovando sempre e sempre, sem deixar que as lembranças do passado estragassem tudo o que tinha feito até o presente momento.
    Em 2016, acabei tendo um corte químico, pois meu cabelo já não tinha mais como recuperar a parte mais danificada dele, então resolvi cortar ele assim ele cresceria novamente porém mais saudável. Foi a melhor coisa que fiz.
    MINHA TRANSIÇÃO CAPILAR - Pâmela Dal Alva

    O novo recomeço

    A partir daí, mudei já meu cabelo para o azul, nessa época foi um pouco mais complicada estava sem emprego e estava bem difícil achar um, e ai em um dia numa social a mãe de uma amiga da minha irmã, me disse o seguinte: ” você tem 23/24 anos, você tem que ir atrás de um emprego e não ficar pintando o cabelo de azul.”, fiquei com tanta raiva tanta raiva, mas por respeito apenas falei que o cabelo era meu e as pessoas tinham que parar com preconceito pois o cabelo não defini se você é bom ou não para ter aquele emprego, levantei e sai. Arrumei um emprego e o que mais queria era la bater na casa dela e esfregar na cara dela meu salário.
    TRANSIÇÃO CAPILAR: RELATO DE UMA SEGUIDORA
    Depois disso fui ruiva de várias tonalidades, voltei para o roxo e a cada mudança fui ficando mais empoderada. Passei a usar roupas e deixar meu cabelo do jeito que muitos falaram que era feio para mim.

    Como estou hoje

    TRANSIÇÃO CAPILAR: RELATO DE UMA SEGUIDORA
    Hoje em 2018 para infelicidade de muitos meu cabelo não caiu, mas com a mudança repentina. Estou passando pela transição capilar novamente sem nenhum arrependimento. Decerto, hoje eu vejo que me reencontrei novamente e digo que é a melhor coisa que pude fazer.

    VEJA TAMBÉM

    Vejo como passar pela transição capilar sem tanto sofrimento no post abaixo:

    TRANSIÇÃO CAPILAR: COMO PASSAR SEM SOFRER

    AGORA É SUA VEZ: ME CONTA A SUA HISTÓRIA?

    VAMOS SER AMIGAS! Me segue no Instagram @faladantas, que tem dicas todos os dias.
    Temos um grupo do FalaDantas no Facebook onde tiro duvidas, pergunto o que querem ver e tudo mais!
    CLIQUE PRA SE INSCREVER NO CANAL

     

    8 de outubro de 2018 --------------- Deixe um comentário

    5 BRINCADEIRAS PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    Tudo o que uma criança precisa para de divertir é sua força de vontade e imaginação, certo? Isso é obvio e certamente agora veio em sua mente diversas brincadeiras que você aproveitou bastante em sua infância. Mas será que as crianças de hoje brincam como nós? Infelizmente não tanto quanto muitos pais aí queriam, né mesmo?!

    5 BRINCADEIRAS PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    Pensando nisso o post de hoje trás 5 brincadeiras para você aproveitar nesse dia das crianças. Confesso que fiquei bem nostálgica fazendo este post e quero ver todo mundo brincando após a leitura. Combinado?

    BRINCADEIRAS ANTIGAS PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    Adoleta

    As crianças formam uma roda,  juntam as mãos e vão batendo na mão de cada membro conforme vai passando a música:

    5 BRINCADEIRAS PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    A brincadeira consiste em bater na mão de sílaba em sílaba, e cada criança deve falar uma sílaba e bater na mão da que estiver ao lado. Assim por diante. A música vai terminar no “eu”. Quando terminar, a pessoa que recebeu o tapa na mão por último terá que pisar no pé de alguém (cada pessoa do jogo só poderá dar um passo na hora que terminar a música). Se ela conseguir, a pessoa em quem ela pisou é eliminada. Se não conseguir, sai.

    Batata quente

    Com uma bola em mãos, sentadas em um círculos e uma delas, ficará fora da roda e com os olhos fechados cantando:

    5 BRINCADEIRAS PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    Quando ela disser “queimou”, quem estiver com a bola em mãos é eliminado.

    Caça ao tesouro

    Não há muitas regras, esconda pistas que levem as crianças até algum tesouro, e deixar elas se divertirem com a investigação.

    5 BRINCADEIRAS PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    Faça um mapa e organize o local da brincadeira conforme o mapa.

    Mímica

    Separe as crianças em dois grupos e defina um tema para cada rodada do jogo. Cada time vai escolher em segredo, um elemento de acordo com o tema e um integrante vai fazer mimicas para o outro grupo.

    5 BRINCADEIRAS PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    O objetivo é acertar o que a mímica representa em um determinado tempo. Quando um grupo acerta, ou o tempo se esgota, é a vez do outro grupo receber um tema para fazer a mímica.

    Quem sou eu

    Em roda, cada criança deve escolher o nome de uma pessoa famosa, personagem de filme ou desenho, e escrever em um papel. Cada papel será grudado na testa da pessoa ao lado, sem que ela veja.

    5 BRINCADEIRAS PARA O DIA DAS CRIANÇAS

    A ideia é que cada pessoa tente descobrir o que está em sua testa. Para isso,ela deve fazer perguntas e os outros participantes respondem apenas sim ou não.


    AGORA É SUA VEZ: Vamos brincar?

    E então, qual brincadeira você mais aproveitou na infância?

    VAMOS SER AMIGAS! Me segue no Instagram @faladantas, que tem dicas todos os dias.
    Temos um grupo do FalaDantas no Facebook onde tiro duvidas, pergunto o que querem ver e tudo mais!
    CLIQUE PRA SE INSCREVER NO CANAL