• 2 de outubro de 2012 --------------- 3 Comentários

    Que haja sonho, não o medo de sonhar.
    Que venha tarde, ou cedo, mas que venha,
    e que não seja utopia.  Que seja até ventania, seja tudo, menos agonia.

    Que me falte o sono, não á minha cafeína

    que me aguenta todos os dias, 
    como se fosse à  minha endorfina.

    Que seja tudo, menos o medo de se ariscar,
    perder, ou ganhar. Que seja como for,
    mas que seja até amor.  

    Que me faça pular da “ponte”
     que me faça pensar longe, 
    que eu desenhe seu nome, ou, não desenhe.  
    Mais que venha sempre em minha mente,
    à vontade de sonhar, crer e esperar.

    E que seja tudo, menos engano em te amar.
    Que me faça mudar o jeito de falar, mas,
    não me faça despedaçar.

    Que haja o que houver, 
    não o medo de sonhar e amar.
    Que seja tudo, menos  o querer de te esquecer.



    Quer ler o post completo ? Venha ao Fala,Dantas e
    me diga o que achou!

    1. Aline Teles out 04, 2012

      Primeiramente, muito obrigada pela sua visita. Espero que volte sempre. O seu blog é um encanto. Já estou seguindo. Que haja sempre o amor, né? Muitos e muitos sonhos. Lindo poema. Também gosto de blog que falam sobre o amor. Beijinhos.

    2. Amanda Souza out 05, 2012

      Poxa, que lindo! Me emocionei lendo, sério, muito bem escrito. Além do mais, adorei aqui. Tudo muito fofo e lindinho!
      Beijinhos

      hiperbolismos.blogspot.com

    3. Ƭαyloя Mαcнioяi out 10, 2012

      Amei essa poesia, ela é linda *———*

      Beijinhos~~> Paradise City

    Instagram @faladantas

    Instagram has returned invalid data.