• 8 de março de 2019 --------------- Deixe um comentário

    POR QUE FAZER O BANHO DE ASSENTO?

    Embora sua origem seja europeia, o banho de assento se tornou popularem outros países também. Depois que eu comentei no Instagram que estou fazendo o banho muitas dúvidas surgiram. Portanto separei as mais importantes para sanar e aproveitar o Dia Internacional da Mulher para lhe dá um toque de amiga. Cuidar da saúde íntima ainda é um tabu e falar sobre sexualidade infelizmente também.

    Mas entenderemos aqui como o banho de assento deve ser feito, além de como o banho de assento pode evitar situações desagradáveis e inconvenientes em relação a nossa saúde íntima.

    O QUE É BANHO DE ASSENTO?

    Apesar do avanço tecnológico e da medicina, o banho de assento vem funcionando como paliativo para atacar os sintomas de algumas doenças.

    Vale lembrar que o banho de assento não cura nenhuma doença, mas ameniza os desconfortos de algumas patologias.

    PARA QUE SERVE O BANHO DE ASSENTO?

    Os mais antigos usavam e ainda usam o banho como no tratamento de algumas doenças que afetam a genitália feminina, mas engana-se que acha que a masculina deve ficar despercebida.

    Acredita-se que o banho de assento ajuda a combater os indesejáveis corrimentos, infecções urinárias, hemorroidas, herpes e problemas de circulação de modo geral. Em âmbitos mais amplos, podem até regular a temperatura corporal, como em casos de leves febres de insolação.

    COMO FAZER O BANHO DE ASSENTO?

    Fazer o banho é muito simples e certamente você vai encontrar alguns dos ingredientes em casa. Você vai colocar os ingredientes necessários dentro de uma bacia limpa com álcool e permanecer sentado dentro desta bacia durante alguns minutos, mas se você tiver um bidê ou banheira pode fazer por lá também.

    O recipiente deve ter a água até a altura em que as nádegas estejam imersas e as ancas cobertas.

    O QUE DEVO USAR NO BANHO DE ASSENTO?

    Para o banho tradicional só água e nada mais já é o suficiente. Podendo ser utilizada água fria ou morna, ou até mesmo alternar entre as duas. Para aliviar algumas doenças, é possível adicionar outros ingredientes. Para quem tem herpes genital pode-se adicionar uma colher de sopa de sal à água. Para este banho é aconselhado imersões de 15 minutos e 3 vezes ao dia.

    Para quem possui infecções gerais (ovários, útero, vagina, testículos e pênis) basta a água fria com temperatura em torno de 10°. Nesse caso recomenda-se a imersão de até 5 minutos, pela manhã e pela noite. Para quem deseja aliviar a circulação, há ainda a possibilidade de adicionar meia colher de sopa de sal amargo.


    VEJA TAMBÉM

    AGORA É SUA VEZ: VAMOS SER AMIGAS!

    Me segue no Instagram @faladantas, Pinterest e Twitter, que tem dicas todos os dias.
    Temos um grupo do FalaDantas no Facebook onde tiro duvidas, pergunto o que querem ver e tudo mais!
    CLIQUE PRA SE INSCREVER NO CANAL