• outono-inverno-2019
  • 15 de maio de 2019 --------------- Deixe um comentário

    Você possui o sonho de engravidar, mas não está conseguindo? Saiba que não está sozinha. Existem diversas mulheres que também possui esse propósito, mas não estão conseguindo alcançá-lo.

    QUERO ENGRAVIDAR E NÃO CONSIGO!

    Para ajudá-las, separamos algumas causas do motivo da infertilidade, podendo ser do homem ou da mulher.

    Mas lembre-se: somente pode-se considerar infertilidade a partir do momento em que a mulher não engravidar após um ano, mesmo tendo relações sexuais pelo menos três vezes por semana.

    CAUSAS DA INFERTILIDADE FEMININA

    São diversas as causas que levam a infertilidade, podendo essas serem problemas no próprio organismo, ou causas externas. Alimentação inadequada, uso de drogas e bebidas alcoólicas em excesso, ou problemas de peso.

    QUERO ENGRAVIDAR E NÃO CONSIGO!

    Conheça algumas causas desse problema que assola grande parte das mulheres que desejam engravidar.

    O ideal é identificar as causas com o seu ginecologista, e começar o tratamento. Após algum tempo, o seu sonho de ter um filho pode acontecer!

    Alterações no hormônio da tireoide pode te impedir de engravidar

    As alterações da glândula tireoide podem interferir no nível de fertilidade do organismo. Isso ocorre porque a tireoide ajuda no processo de desenvolvimento dos óvulos e embriões.

    QUERO ENGRAVIDAR E NÃO CONSIGO!

    Assim, nos casos em que se tem um aumento desregular das atividades da tireoide, ocorre o impedimento do processo de ovulação no corpo da mulher.

    E em situações contrárias, quando há a diminuição do funcionamento da glândula, essa pode afetar o processo de maturação dos ovários.

    PROLEMAS PARA ENGRAVIDAR: Endometriose

    Esse é um dos motivos mais conhecidos que interferem na fertilidade do corpo feminino. Nesse caso, o endométrio se desenvolve em regiões do organismo de forma aleatória, como na tuba uterina e nos ovários.

    QUERO ENGRAVIDAR E NÃO CONSIGO!

    Assim, o endométrio, que deveria ser encontrado somente na parede do útero, impede o transporte do espermatozoide e do óvulo, e consequentemente afetando a fecundação.

    NÃO CONSIGO ENGRAVIDAR: Disfunções na ovulação

    As disfunções que podem acometer o processo de ovulação no corpo feminino, pode dar-se de duas formas: liberação do óvulo, sem ele estar completamente desenvolvido, e manifestação de óvulos com anomalias.

    No primeiro caso, o óvulo que não está amadurecido, quando encontra-se com o espermatozoide. Por isso, não ocorre a fecundação adequadamente, podendo ocorrer vários sintomas no corpo da mulher, como inchaço e cólicas.

    Na segunda situação, os óvulos anômalos prejudicam a gravidez, podendo levar ao aborto espontâneo. Muitas vezes esse problema é decorrente da idade avançada da mulher.

    Problemas na tuba uterina não te deixa engravidar

    Os problemas na tuba uterina podem ser decorrentes de uma danificação, ou até mesmo do bloqueio da mesma. Isso pode acontecer devido a doenças sexualmente transmissíveis, ou por doenças na região pélvica.

    As tubas uterinas representam uma parte do percurso que o espermatozoide faz até chegar ao óvulo, por isso as suas obstruções dificultam o seu caminho. Dessa forma, ocorrendo o impedimento da fecundação.

    Transtornos emocionais te impede de engravidar

    O que muitas mulheres não sabem é que os sintomas de estresse e ansiedade podem afetar o seu nível de fertilidade. O ideal é que durante o processo de tentativas para a gravidez, a mulher se mantenha calma, para que não boicote o seu próprio sonho.

    Então, não se sinta desesperada, em algum momento a gravidez vai acontecer, pois há diversos métodos e tratamentos que pode auxiliá-la. Por isso, o segredo é relaxar!

    CAUSAS DA INFERTILIDADE MASCULINA

    QUERO ENGRAVIDAR E NÃO CONSIGO!

    Muitos homens nem imaginam que podem ter problemas no organismo que podem levar a infertilidade. Por isso, é necessário que homens e mulheres se tratem para conseguir o sonho de serem pais.

    Assim como nas mulheres, o organismo dos homens podem estar afetando o processo de engravidamento, e o ideal é que eles façam os exames e façam o diagnóstico dos motivos, com a ajuda de um médico.

    Problemas nos espermatozoides

    Há diversos tipos de problemas nos espermatozoides existentes, como os casos em que os homens apresentam baixa produção de espermatozoides, ou até mesmo quando esses se desenvolvem de forma anômala.

    Quando isso ocorre, os espermatozoides possuem dificuldade em se mover, e trilhar o percurso para chegar até o óvulo, provocando infertilidade.

    Além disso, há situações em que o próprio corpo de homem produz anticorpos contra os espermatozoides, ou seja, mesmo que ocorra a produção deles, o organismo acaba matando-os.

    Para descobrir esses tipos de problema é necessário fazer um espermograma para avaliar suas respectivas causas, podendo ser uma infecção ou até mesmo um distúrbio genético.

    Varicocele

    A varicocele é um conjunto de varizes que aparecem nos testículos. Esse problema aumenta a temperatura da região afetando a produção dos espermatozoide, e causando alterações.

    A maior parte dos homens que possuem esse problema são férteis, mas em torno de 40% apresentam infertilidade. Para reverter esse quadro, pode-se fazer uma cirurgia considerada simples.

    Problemas na ejaculação

    É possível que o homem apresente problemas nos ductos que expelem a ejaculação, fazendo com que ele tenha pouca ou nenhuma liberação de sêmen durante a relação sexual.

    Esse problema causa infertilidade, pois o espermatozoide não consegue se introduzir no corpo da mulher, inexistindo a hipótese de fecundação.

    Transtornos emocionais

    Assim como nas mulheres, os transtornos emocionais também afetam a fertilidade do homem. Por isso, é necessário evitar momentos que podem ocasionar estresse, e sensações ruins.

    Já que nos casos em que os homens apresentam comportamentos estressantes ou até mesmo de ansiedade, há uma diminuição da sua capacidade reprodutiva.

    Uso de anabolizantes

    O uso extremo de anabolizantes por parte dos homens podem ocasionar infertilidade. O usso deles pode impedir as atividades da hipófise, fazendo com que ocorra a diminuição da produção de espermatozoides no organismo.

    É importante ressaltar que todos os homens que consomem anabolizantes possuem uma diminuição do nível de fertilidade. E em alguns casos eles podem se tornar inférteis, de forma irreversível.

    Por isso, os homens que queiram ser pais devem abster-se totalmente do uso de anabolizantes. Os danos podem ser bastante graves no curto e longo prazo.

    Apos de ler a matéria procure o seu médico.


    VEJA TAMBÉM

    AGORA É SUA VEZ: VAMOS SER AMIGAS!

    Me segue no Instagram @faladantas, Pinterest e Twitter, que tem dicas todos os dias.
    Temos um grupo do FalaDantas no Facebook onde tiro duvidas, pergunto o que querem ver e tudo mais!
    CLIQUE PRA SE INSCREVER NO CANAL

    Instagram @faladantas

    Unable to communicate with Instagram.
    8 de março de 2019 --------------- Deixe um comentário

    POR QUE FAZER O BANHO DE ASSENTO?

    Embora sua origem seja europeia, o banho de assento se tornou popularem outros países também. Depois que eu comentei no Instagram que estou fazendo o banho muitas dúvidas surgiram. Portanto separei as mais importantes para sanar e aproveitar o Dia Internacional da Mulher para lhe dá um toque de amiga. Cuidar da saúde íntima ainda é um tabu e falar sobre sexualidade infelizmente também.

    Mas entenderemos aqui como o banho de assento deve ser feito, além de como o banho de assento pode evitar situações desagradáveis e inconvenientes em relação a nossa saúde íntima.

    O QUE É BANHO DE ASSENTO?

    Apesar do avanço tecnológico e da medicina, o banho de assento vem funcionando como paliativo para atacar os sintomas de algumas doenças.

    Vale lembrar que o banho de assento não cura nenhuma doença, mas ameniza os desconfortos de algumas patologias.

    PARA QUE SERVE O BANHO DE ASSENTO?

    Os mais antigos usavam e ainda usam o banho como no tratamento de algumas doenças que afetam a genitália feminina, mas engana-se que acha que a masculina deve ficar despercebida.

    Acredita-se que o banho de assento ajuda a combater os indesejáveis corrimentos, infecções urinárias, hemorroidas, herpes e problemas de circulação de modo geral. Em âmbitos mais amplos, podem até regular a temperatura corporal, como em casos de leves febres de insolação.

    COMO FAZER O BANHO DE ASSENTO?

    Fazer o banho é muito simples e certamente você vai encontrar alguns dos ingredientes em casa. Você vai colocar os ingredientes necessários dentro de uma bacia limpa com álcool e permanecer sentado dentro desta bacia durante alguns minutos, mas se você tiver um bidê ou banheira pode fazer por lá também.

    O recipiente deve ter a água até a altura em que as nádegas estejam imersas e as ancas cobertas.

    O QUE DEVO USAR NO BANHO DE ASSENTO?

    Para o banho tradicional só água e nada mais já é o suficiente. Podendo ser utilizada água fria ou morna, ou até mesmo alternar entre as duas. Para aliviar algumas doenças, é possível adicionar outros ingredientes. Para quem tem herpes genital pode-se adicionar uma colher de sopa de sal à água. Para este banho é aconselhado imersões de 15 minutos e 3 vezes ao dia.

    Para quem possui infecções gerais (ovários, útero, vagina, testículos e pênis) basta a água fria com temperatura em torno de 10°. Nesse caso recomenda-se a imersão de até 5 minutos, pela manhã e pela noite. Para quem deseja aliviar a circulação, há ainda a possibilidade de adicionar meia colher de sopa de sal amargo.


    VEJA TAMBÉM

    AGORA É SUA VEZ: VAMOS SER AMIGAS!

    Me segue no Instagram @faladantas, Pinterest e Twitter, que tem dicas todos os dias.
    Temos um grupo do FalaDantas no Facebook onde tiro duvidas, pergunto o que querem ver e tudo mais!
    CLIQUE PRA SE INSCREVER NO CANAL

    Instagram @faladantas

    Unable to communicate with Instagram.
    25 de fevereiro de 2019 --------------- Deixe um comentário

    6 CUIDADOS COM A SAÚDE NO CARNAVAL

    Semana de carnaval chegando e no último final de semana já teve folia nas ruas pelo brasil a fora. A gente espera um ano para esses dias de euforia livre, preparando as fantasias, os bloquinhos. Com essa preocupação voltada apenas para a diversão é fácil se esquecer dos cuidados mais básicos com a saúde.

    6 CUIDADOS COM A SAÚDE NO CARNAVAL

    Quer curtir todos os dias de folia com o pique lá em cima? Então se liga que aqui neste post você terá dicas infalíveis para manter a energia e a saúde lá no alto.

    NESSE CARNAVAL FIQUE ATENTO AS TEMPERATURAS

    Além de ser a época mais festiva do ano, o carnaval caí bem na estação mais quente do ano. Portanto é preciso ficar atento aos cuidados com a saúde em altas temperaturas. Atualmente em aqui em Salvador as temperaturas estão entre 30 e 32º podendo chegar a 35º de sensação térmica.

    Mas o que acontece é que essa temperatura é uma média geral para a cidade. E quando se trata de média significa que existe variáveis para mais ou para menos. Essas variáveis vão depender da localidade em que cada indivíduo esteja. Agora pensa aqui comigo, Avenida Sete de Setembro repleta de prédios paralelos uns aos outros, pipoca do Saulo descendo com mais de 500mil pessoas em média. Pensou? Agora me diga se só vamos ter 35º de sensação térmica ou temperatura? Claro que não!

    6 CUIDADOS COM A SAÚDE NO CARNAVAL

    Reprodução

    Não esqueça de usar o protetor solar ou bloqueador apropriado para o seu tipo de pele e óculos de sol. Beba bastante água e se evite usar roupas apertadas e escuras. Esses cuidados básicos vão amenizar as altas temperaturas que você vai encontrar na avenida com toda a certeza.

    CUIDE DA SAÚDE DE DENTRO PRA FORA NO CARNAVAL

    Tendo como exemplo o trecho acima, partimos para os cuidados com a alimentação e hidratação do corpo. Evite ingerir comidas muito pesadas, carregadas em óleo e gorduras. Além disso a ingestão de bebidas alcoólicas, que certamente vão variar da cerveja até a caninha da roça, tem que ser moderada. Sem dúvidas o melhor a fazer é intercalar o álcool com água e um pouco de glicose para não dá PT.

    Durante a folia, não fique mais do que quatro horas sem se alimentar. Aposte nos alimentos leves e de rápida digestão, além de hidratação e nutrição, como barrinhas de cereais, frutas desidratadas, sanduíches naturais (sem uso de maionese, Ketchup) e sucos de frutas.

    NÃO ABUSE DAS SUBSTÂNCIAS ENERGÉTICAS

    Pegando mais um gancho na dica anterior, maneire também nas substâncias energéticas. Algumas substâncias, como o pó de guaraná e as bebidas energéticas, podem até dá um pique a mais para curtir o carnaval. Mas essas substâncias são ricas em cafeína e, se consumidas em excesso, além de atrapalhar o sono, causam gastrite e sobrecarregam o organismo, podendo levar até à arritmia cardíaca.

    Reprodução

    Não adianta fazer coisas ditas como milagrosas em cima da hora e prejudicar sua saúde a longo prazo. O mesmo serve para tentar dá aquela emagrecida antes do carnaval e ir feito doido lotar as academias. Essa pratica só vai piorar seu corpo e mente, após “perder tudo o que supostamente ganhou”.

    PROTEJA A SUA SAÚDE INTIMA NESSE CARNAVAL

    Com os ânimos lá em cima e o clima de flerte em alta, é fácil dá aquela paquerada e até mesmo ir para os finalmente. Mas é preciso ficar atenta a nossa saúde intima nesses momentos, afinal se trata de uma festa de largo e não sabemos o que o outro tem internamente. Segundo dados do ministério da saúde após as festas de largo o indicie de doenças sexualmente transmissíveis aumenta consideravelmente.

    Portanto o uso de camisinha é essencial para evitar doenças mais brandas e até as mais graves, como o HIV. Porém não é só com isso que se deve tomar cuidado, afinal sabemos que não é só o sexo que é o portal para essas doenças. Então vale ficar atenta em quem você vai distribuir beijos e se possível vá a um posto médico caso se sinta desconfortável com algo.

    Aqui em Salvador no percurso da folia sempre tem postos de saúde para atendimento ao público. Além de posto de teste para HIV, que realiza o teste na hora e em caso de positivo o pascente já é encaminhado para uma unidade de atendimento.

    Os cuidados com a vagina devem redobrar no carnaval

    Além de estarmos na época mais quente do ano, serão 5 ou até 7 dias de folia. Evite ficar sem beber água durante o percurso e muito menos não fazer xixi quando precisar. Se possível leve consigo papel higiênico ou até lenço umedecido para limpa a periquita. E evite usar roupas apertadas por muito tempo, como short jeans e body.

    Outro ponto a ser tocado é o banho de mar. Aqui no circuito Barra/ Ondina é impossível resistir a um banho de mar entre um bloco e outro para refrescar. Mas para nós mulheres a combinação de roupa apertada e água salgada podem ser um risco altíssimo para a saúde intima.

    DESCANSE O SUFICIENTE PARA AGUENTAR A FOLIA

    A folia começa a partir das 15h mais ou menos e vai até umas 5h do dia seguinte. Mas é de conhecimento de todos que o corpo precisa de seis a oito horas por dia para se regenerar. Caso ele não tenha esse o período de descanso, fica muito difícil manter o ritmo nos todos os dias atrás do trio elétrico.

    O recomendado é que além dessa recarga vindo do sono, você siga as demais orientações já citadas aqui. Sendo assim será mais eficaz a sua recuperação mesmo você dormindo pouco.

    CUIDE DA SUA SAÚDE NESSE CARNAVAL

    De certo que ninguém quer ficar todo lenhado no fim da folia, então salva essa fotozinha aí no celular e divirta-se! Seja como for meu povo, anote tudo o que foi dito aqui e aproveite bem os dias de folia.


    VEJA TAMBÉM

    SAÚDE ÍNTIMA: COMO CUIDAR CORRETAMENTE

    AGORA É SUA VEZ: VAMOS SER AMIGAS!

    Me segue no Instagram @faladantas, Pinterest e Twitter, que tem dicas todos os dias.
    Temos um grupo do FalaDantas no Facebook onde tiro duvidas, pergunto o que querem ver e tudo mais!
    CLIQUE PRA SE INSCREVER NO CANAL

    Instagram @faladantas

    Unable to communicate with Instagram.